Colônia do Sacramento, Uruguai: viagem de um dia desde Buenos Aires

Duas horas de balsa de Buenos Aires, do outro lado do Rio da Prata, Colônia do Sacramento fará com que você volte no tempo. Patrimônio da Humanidade pela UNESCO desde 1995, o distrito histórico de Colônia é um dos complexos arquitetônicos coloniais mais bem preservados da América do Sul.

Se você vai passar alguns dias em Buenos Aires e quer cruzar para o Uruguai para uma viagem de um dia, Côlonia é sua melhor opção!


Como chegar até Colônia do Sacramento

Durante minha viagem de 3 dias a Buenos Aires, sua proximidade com o Uruguai foi muito tentadora como para não visitar este país intrigante durante o dia que eu tinha livre.

Carro retrô em Colônia do Sacramento

Embora minha primeira opção fosse Montevidéu, a capital uruguaia, logo percebi que uma viagem de um dia não me dava tempo suficiente para aproveitar esta grande cidade. Em primeiro lugar, a última balsa do dia de volta a Buenos Aires sai apenas 4 horas após a chegada da primeira, o que claramente não dá tempo suficiente. Além disso, a balsa expressa custa mais de R$800 (€200), muito dinheiro para um único dia.

Considerando isso, Colônia foi a opção mais conveniente para uma viagem de um dia ao Uruguai. A cidade ficava muito mais próxima de Buenos Aires, e seu tamanho também facilita a exploração em um único dia. Eu definitivamente não me arrependo da minha escolha!

A maneira mais fácil de chegar a Colônia de Buenos Aires é de balsa. Localizada apenas do outro lado do Rio de la Plata, leva apenas um par de horas para chegar lá. Há algumas empresas de balsa diferentes das quais você pode escolher:

  • Buquebus: partindo de Puerto Madero, esta é a empresa mais popular que atravessa pro Uruguai. A viagem mais rápida leva aproximadamente 1h15m, e eles também oferecem um serviço lento que dura três horas (não vale a pena, já que também inclui uma viagem de ônibus e a diferença de preço é mínima). Se você tiver mais tempo e preferir ir a Montevidéu, esta empresa também levará você em cerca de 3 horas com o seu serviço express.

  • Colonia Express: esta empresa também oferece uma opção de balsa rápida para Colônia, partindo do Terminal Internacional de Cruzeiros, na Avenida Imigrantes.

Balsa Buquebus

Meu hotel estava localizado a menos de 5 minutos de caminhada do Puerto Madero, portanto, reservei meus bilhetes com Buquebus, principalmente devido ao conveniente ponto de partida. Os preços com ambas empresas são muito semelhantes (especialmente quando reserva com antecedência), por isso, se você ficar mais perto do terminal de Cruceros, eu também ouvi dizer que a Colonia Express é uma empresa muito confiável.

O preço do bilhete pode variar de acordo com a antecipação com a qual você o reserva, de acordo com as datas da viagem e até mesmo o horário da partida, portanto verifique sempre o site para obter as tarifas mais atualizadas. Eles também têm preços diferentes dependendo se você os compra no site da Argentina ou do Uruguai, então sempre compare os dois! Escolhi o site uruguaio porque a taxa de conversão foi muito melhor e acabei economizando quase R$40 (10€).

Uma vez que você tenha o seu bilhete, tudo que você tem a fazer é imprimi-lo, chegar ao terminal da balsa com 40 minutos de antecedência para se registrar e passar pela imigração, e o próximo passo é descobrir um novo país pelo resto do dia!


O que fazer em Côlonia do Sacramento


Perca-se no bairro histórico

 

Fundada por colonos portugueses em 1680, Colônia do Sacramento tem um dos conjuntos coloniais mais bem preservados que você pode encontrar na América do Sul. As antigas ruas de paralelepípedos são o reflexo perfeito das tradições de fusão portuguesas e espanholas. Afinal, esta pequena cidade pertencia ao Império Português e ao Império Espanhol antes do Uruguai se tornar independente em 1828.

Quando você visita Colônia, provavelmente passará a maior parte do tempo no bairro histórico. Não há nada melhor do que andar pelas ruas estreitas e desfrutar da tranquilidade deste lugar único!

 

Carro antigo num restaurante de Colônia


Atravesse a porta de Campo

 

A melhor maneira de acessar o bairro histórico de Colônia é através da Porta do Campo, o antigo portão da cidadela de Colônia.

Construída em 1745 pelo governo português, esta costumava ser a entrada principal de Colônia, cercada por um forte militar e paredes espessas para proteger a cidade dos piratas. Hoje, marca a divisão entre a nova cidade e o distrito histórico.

Quando você anda na ponte levadiça, você sentirá que está viajando a tempo.

 

Porta de Campo


Caminhe ao redor do Bastião de São Miguel

 

Depois de atravessar o portão da cidade, você encontrará o San São Miguel à sua esquerda. Costumava fazer parte da antiga muralha da cidade que protegia Colônia do Sacramento nos tempos coloniais.

Parte dessa construção fortificada ainda existe hoje, incluindo as antigas armas que já foram acionadas para expulsar os invasores.

Se você caminhar ao longo da muralha, você pode apreciar a bela vista do Rio de la Plata e Colônia. Se você é um amante da fotografia, você terá excelentes oportunidades para tirar fotos!

 

Bastião de São Miguel


Ouça as histórias por trás da Rua dos Suspiros

 

A Rua dos Suspiros é provavelmente a rua mais famosa e fotografada de Colônia, e há histórias diferentes sobre como ela ganhou esse nome.

Uma delas diz que quando os prisioneiros eram condenados à morte, eram levados para esta rua e amarrados até que a maré alta os afogasse. Algumas outras histórias afirmam que os bordéis em Colônia costumavam estavam localizados nesta rua, e os marinheiros locais costumavam suspirar pelo amor de mulheres bonitas.

Deixando de lado as histórias, a Rua dos Suspiros é definitivamente uma das ruas mais pitorescas que você encontrará em Colônia. Construída num estilo tipicamente português, ainda mantém o seu pavimento original. As antigas casas portuguesas e espanholas que ladeiam a rua transformaram-se em bonitas lojas de artesanato, por isso não se esqueça de dar uma olhada no interior!

 

Rua dos Suspiros

Sinal da rua

Vista de cima


Suba até o topo do farol

 

O farol de Colônia está em uma localização privilegiada com vista para o Rio da Prata. Construído em 1857, testemunhou algumas das mais cruéis batalhas entre os impérios português e espanhol.

Foi construído originalmente sobre as ruínas do Convento de São Francisco. Com 26 metros de altura, sua luz pode chegar a mais de 7,8 milhas náuticas.

O farol está aberto hoje ao público, por isso, se você quiser desfrutar de uma vista panorâmica de Colônia do Sacramento, não perca esta oportunidade. Você pode até ver os arranha-céus de Buenos Aires, do outro lado do rio!

 

Farol

Vista do farol desde o bairro histórico

Mar de la Plata na parte de trás do farol



Almoce na Praça Principal

 

A praça principal, oficialmente a Praça 25 de Maio, é o coração do bairro histórico de Colônia.

Em suas origens, a praça principal costumava ser um mercado antigo, onde os comerciantes locais vendiam alimentos, objetos do cotidiano e até escravos. Hoje em dia, é um lugar calmo e relaxante, onde você pode desfrutar de algumas das melhores refeições da cidade.

No lado norte da praça, você encontrará várias opções para o almoço, e todas incluem comida uruguaia caseira. Não se esqueça de experimentar o bife, a especialidade da região! Eu comi um tradicional bife uruguaio com molho de mel e, honestamente, foi um dos pratos mais deliciosos que já provei em muito tempo!

 

Praça Principal


Visita uno de los muchos museos de Colonia 

 

Se há algo que a Colônia não falta apesar de seu pequeno tamanho, são os museus.

Um dos principais é o Museu Municipal, que organiza uma exposição sobre a vida social no período colonial, mostrando objetos originais e documentos da época colonial.

O Museu Português encontra-se numa construção original portuguesa da primeira metade do século XVIII. Dentro você pode desfrutar de uniformes militares, bem como uma coleção muito interessante de armas inglesas que já foram usadas pelo exército português.

O Museu Espanhol exibe vários artigos históricos pertencentes ao regimento espanhol que habitou a cidade há alguns séculos atrás.

Mas provavelmente o museu mais famoso de Colônia é o Museu do Azulejo. Também em uma construção típica portuguesa, aqui você pode desfrutar de uma bela coleção de azulejos franceses, catalães e alguns dos primeiros azulejos uruguaios. O edifício ainda mantém as paredes originais e pisos, por isso vale bem a pena uma visita.

 

Museu do Azulejo


Artigos relacionados


Você gostou? Salvá-lo no Pinterest!